O Pelourinho

Em tempos passados, Campo Benfeito terá sido concelho. Mantém-se o pelourinho, restando pouco de prova desse privilégio municipal. Não se tem conhecimento do foral da aldeia. Em 1527, um levantamento da população mandado por D. João III contabilizava a existência de 29 moradores, sendo o concelho pertencente ao “Mestre de Santiago e à Correição de Lamego” (Correia et al, 1995: 60).

O pelourinho encontra-se actualmente localizado na zona central da aldeia, junto àquela que é denominada localmente de «fonte do meio». Está classificado como Imóvel de Interesse Público, desde 1993. Numa das suas faces encontra-se inscrita a data de 1731, altura em que se julga ter sido feita a sua edificação. Acredita-se, no entanto, que já não está na sua localização original, assim como terá menos um degrau. Os pelourinhos são colunas de pedra que foram sendo colocados em locais públicos onde eram torturados e expostos os criminosos. Contam-nos os mais velhos que do lado esquerdo do pelourinho de Campo Benfeito, houve outrora uma prisão. Pouco mais sabemos acerca dessa.

VOLTAR A “II. LOCAIS DE INTERESSE NA ALDEIA”