Lagoais

Trata-se de uma represa natural, que durante muitos anos foi o espaço de lazer privilegiado dos mais jovens. Aí pode-se tomar um banho e, principalmente, repousar. O acesso faz-se pelo cimo da aldeia, tal como para o Outeiro do Nuno. No entanto, chegando à cruzinha, vira-se à direita. Os lagoais avistam-se à direita assim que termina o espaço amuralhado dos terrenos dos habitantes locais.

VOLTAR A “II. LOCAIS DE INTERESSE NA ALDEIA”